sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Vida Pacata ou Agitada?

Esses dias estava vendo algumas fotos dos tempos em que morava em Martinópole e uma pergunta me veio a cabeça:Minha vida seria a mesma se tivesse continuado vivendo lá?
Martinópole é uma pequena e típica cidadezinha do interior de clima agradável e trânquilo, com um ótimo ar pra respirar, com pessoas boas pra conversar(na calçada inclusive!),tudo lá é perto, sem trânsito, barulhos, sem a correria de uma cidade maior, é um bom lugar pra passar a infância.Porém,como tudo nessa vida, existe as desvantagens de morar em lugar tão pequeno assim.A primeira e mais importante é:Todo mundo te conhece e sua vida já não é tão só sua.Não há grandes movimentações, seu ciclo de amizades não é tão extenso,não existe lugares pra se divertir de verdade, os finais de semana são incrivelmente tediosos, nem cinema tem!O que já poderia melhorar a situação.Resumindo, Martinópole é a cidade perfeita pra quem quer levar a vida em um ritmo menos acelerado, sem grandes movimentações,oportunidades de experiências e expectativas de vida.
Quando tive que me mudar pra Fortaleza, quase morri de angústia, achava que não ia suportar, afinal minha vida estava em "Marte", parte da minha família, meus amigos, vizinhos...foi horrível!
Mas, com o passar dos meses conclui que não foi uma decisão tão horrível assim.A cada dia me apaixono mais pela vida aqui, na "cidade grande", são tantas oportunidades, uma variedade enorme, a arquitetura, os lugares pra sair, cinema, shoppings,pessoas de todos os tipos, oportunidades crescendo a todo instante.
Vir pra Fortaleza, definitivamente foi uma das melhores decisões da minha vida.A cidade me deu a oportunidade de descobrimento, amadurecimento, responsabilidades que não tinha antes surgiram e não são ruíns como havia pensado, a vida corrida de curso, trabalho é ótima apesar de causar um pouco de cansaço, aqui tô tendo uma vida que Martinópole nunca conseguiria me oferecer.Não tô dizendo que a vida aqui é perfeita, mas é "centas" vezes melhor que a vida pacata do interior.
Enfim, estou tendo a vida que sempre tive vontade e estou me sentindo muito feliz por isso.Finalmente posso ser quem eu sou,sem preocupações com o que as outras pessoas vão falar ou pensar.
E como diz um escritor:a vida é composta de prazeres pequenos. A felicidade é composta desses pequenos sucessos. O grande vêm muito raramente. E se você não colecionar todos estes pequenos sucessos, o grande realmente não significará qualquer coisa.
 __
 Foto:Praça da Matriz.

3 comentários:

  1. rsrsrs...pacata vidinha!
    Marti..hahaha...
    tmb imagino como eu estaria se ainda tivese por lá!

    ResponderExcluir
  2. Pois é né...
    VivavidaemFortalezaaa!

    ResponderExcluir
  3. Martinópoles, sera q tem E.T lá?
    Desculpas tinha q comenta isso,cheio d homenzinhos verdes.(rsrsrsr)

    ResponderExcluir

Mais um sofrimento, por favor.